Estratégias digitais que garantem resultados


Crie o seu Brand Hero (com quem exatamente você está falando?).

O Brand Hero é muitas vezes uma mistura de alguns dos seus clientes favoritos e pode até ser uma versão sua há 3 ou 5 anos. Vá fundo e pense sobre o que eles gostam de fazer, como eles gastam seu tempo, o que eles apaixonadamente defendem e acreditam, onde eles compram, que tipo de feriados eles gostam de comemorar e quais valores são importantes para eles.

Não se preocupe em tentar agradar a todos. Quanto mais específico você puder ser, melhor. Por exemplo: “Eu ajudo as mulheres com sua saúde” versus “Eu ajudo novas mamães a recuperar suas energias através de exercícios e nutrição personalizados”. No segundo exemplo, está claro para quem exatamente é o programa.

Faça uma pesquisa de mercado. Envie uma pesquisa (sem realmente chamá-la de pesquisa) para sua lista de e-mails e faça perguntas específicas sobre quais são suas dificuldades ou frustrações. Peça-lhes para selecionar cinco maneiras que você propõe para ajudá-los e veja o que eles querem. Você pode oferecer a eles um prêmio ou um download grátis em troca do preenchimento deste formulário. O preenchimento deve demorar menos de dois minutos, pois as pessoas estão com pouco tempo hoje em dia.

Vá um passo além e selecione de 5 a 10 pessoas da pesquisa que preencheram em profundidade e agende uma ligação com eles. Assim, você poderá usar as palavras reais que seu público usou para descrever suas dificuldades em seus próximos posts de marketing e boletins informativos.

Agora que você já sabe com quem quer falar, ou seja, para quem sua estratégia será direcionada, selecionamos algumas dicas que irão fazer com que esta estratégia digital garanta resultados:

1. Conte Histórias

Para atravessar as mil de mensagens de marketing que o seu brand hero vê o dia todo on-line, você precisará usar histórias para se conectar de maneira autêntica. À medida que o mercado on-line se torna mais sofisticado, as pessoas não respondem mais a vendas chatas. Injetar uma história é crucial para criar uma comunidade em torno de sua marca.

As pessoas precisam sentir-se como se fizessem parte da sua marca e que o conhecem intimamente, especialmente se você tem uma marca pessoal, mas isso pode funcionar para qualquer empresa. Pense em Richard Branson como chefe da Virgin. Ele bloga e compartilha sua vida através das mídias sociais. Ele parece ser um cara legal que adoramos seguir e, se você o segue, provavelmente você estará interessado quando ele lançar um novo produto ou serviço.

Os humanos aprendem através de histórias e as acham mais fáceis de lembrar do que um monte de fatos sendo jogados neles. Pense em tornar seu conteúdo compartilhável. O que você está criando e colocando no mundo on-line merece ser compartilhado? Você compartilharia isso? Você seria influenciado a comprar a partir da sua própria mensagem?

“As pessoas não compram o que você faz, elas compram o motivo pelo qual você faz isso” – Simon Sinek

Compartilhe seu porquê. Qual é o grande motivo da sua marca e empresa? O que te leva a fazer isso? O que é importante para você? Que impacto você quer criar no mundo? Compartilhe isso.

2. Mostre os bastidores, seja real e humano

Uma tática simples de usar para sua estratégia digital é mostrar os bastidores do que você faz. Isso pode funcionar em vários tipos de negócios e mostrar o lado humano de sua marca. Quem está fazendo o trabalho? Como seu produto está sendo criado? De onde são seus materiais? Leve as pessoas com você em uma jornada e deixe-as ver como tudo é criado.

Se você é uma empresa com base em serviços, pode fazer o mesmo. O Stories do Instagram e o Facebook Live seriam perfeitos para esse tipo de conteúdo. Uma vez por semana, separe uma hora do seu tempo e dê ao seu público um vislumbre do seu dia de trabalho.

Seja fascinante. Não gaste todo seu tempo consumindo conteúdo. Vire a mesa e entre no modo de criar. Trate o seu negócio como uma mini empresa de mídia e pense sempre no que você pode compartilhar.

Crie antes de consumir!

3. Faça transmissões de vídeo ao vivo

O vídeo ao vivo é de longe a melhor maneira de se destacar da multidão. O vídeo será responsável por 82% de todo o tráfego da Internet em 2021, de acordo com as previsões divulgadas pela Cisco. As transmissões ao vivo são ótimas, pois você pode interagir com seu público, mostrar sua experiência e fazer perguntas e respostas diretamente com seus clientes em potencial.

De um ponto de vista prático, certifique-se de estar usando uma iluminação boa (de preferência luz natural de uma janela grande) ou invista em algumas luzes profissionais em um tripé. Tenha um microfone para que sua qualidade de som seja boa. Prepare um tópico interessante e escreva alguns pontos para que você não perca a linha de raciocínio na metade do caminho.

4. Aumente sua lista e ofereça resultados

Não é suficiente confiar apenas nas plataformas de mídia social. Com algoritmos em constante mudança e a natureza volúvel do comportamento humano, colocar seus ovos em uma só cesta pode não ser seguro. Você não é o dono do Facebook, Instagram, Twitter ou do Linkedin. Vejamos o Snapchat por exemplo. Quando o Instagram lançou o Stories, e basicamente roubou a idéia e formato, o Snapchat perdeu usuários em massa.

Certifique-se de criar sua lista de e-mail, pois esse é um recurso bastante valioso para sua empresa. Se você decidir vender sua empresa no futuro, conseguirá um preço mais alto se o seu banco de dados for substancial.

Crie um PDF valioso, uma série de vídeos ou um minicurso pelos quais as pessoas gostariam de entregar seus nomes e endereços de e-mail para receber. Crie uma página de opt-in simples ou um pop-up em seu site com a oferta de um brinde atraente. Uma vez que as pessoas concordarem em receber suas comunicações, você poderá seguir com um e-mail de boas-vindas e enviar seus boletins informativos regularmente.

Lembre-se de compartilhar histórias, bastidores e conteúdo valioso com seus leitores e não simplesmente bombardeá-los com suas ofertas.

5. Seja consistente

Escolha duas plataformas sociais para se concentrar no começo. Não se sinta como se você precisasse estar em cada uma delas. O mais importante é a consistência. Seja realmente bom em publicar conteúdo regular de maneira consistente. Envolva-se com seu público. Responda a mensagens diretas e comentários. Construa um público fiel antes de expandir para outras plataformas.

Você pode usar posts do seu blog como partes de um pilar de conteúdo que podem ser espalhadas pelas mídias sociais e postadas em muitas plataformas.

6. Use lançamentos para vender novas ofertas

Tudo o que foi mencionado acima cai sob conteúdo orgânico regular. Quando você tem um novo produto, serviço ou programa para divulgar ao mundo, precisa mapear um plano de lançamento. Isso envolverá a veiculação com mais frequência, postagem com mais frequência, criação de gráficos para mídia social e investir algum orçamento em tráfego pago. Você pode fazer isso aumentando suas transmissões no Facebook, por exemplo, ou enviando tráfego pago para o opt-in que você criou para que você construa o seu seguimento mais rápido e tenha compradores ávidos para os quais lançar.

Fonte: Entrepreneur